Convergência Digital

Em tecnologia tudo é possível

3 dias 15 horas ago
Em artigo para o Convergência Digital, o ex-ministro das Comunicações e ex-presidente da Anatel, Juarez Quadros, diz que a pretensão de tornar o voto impresso no Brasil, a abranger cerca de 148 milhões de eleitores e 500 mil urnas eletrônicas, seria inviável para 2022 e, além disso, caso fosse possível, não afastaria a polémica quanto à segurança das urnas.