Entidades ambientalistas

Versão para impressãoSend by emailVersão PDF

Algumas das organizações, fóruns e movimentos ambientalistas que utilizam o tiwa estão aqui listadas.

 

REBRAF -- A missão da Rede Brasileira Agroflorestal é promover a difusão de sistemais agroflorestais no território brasileiro ou ainda a recuperação de terras degradadas, principalmente no que se refere a: facilitar a comunicação, informação e o intercâmbio de experiências e conhecimentos entre profissionais, técnicos, produtores (inclusive membros de comunidades indígenas e extrativistas tradicionais) e suas respectivas associações, nas áreas de pesquisas, do ensino, da extensão, da capacitação e do desenvolvimento agroflorestal no território brasileiro, bem como em temas diretamente relacionados com a recuperação de terras degradadas; prestar assistência a produtores rurais, suas associações e comunidades tradicionais ou nativas na identificação e elaboração de projetos de desenvolvimento ou demonstração, com forte componente agroflorestal, bem como prestar ou orientar a prestação de assistência na captação de recursos e na implementação desses projetos; promover o desenvolvimento de atividades agroflorestais por organizações brasileiras governamentais ou não-governamentias (ONGs) com as quais a Rebraf tenha celebrado convênios de cooperação; prestar serviços de consultoria ou de assistência técnica a instituições, quanto se tratar de difundir ou pesquisar sistemas agroflorestais de produção capazes de assegurar um desenvolvimento sustentável a longo prazo; apoio a organizações governamentais. Sitio Web sediado no tiwa: www.rebraf.org.br.

 

Vitae Civilis -- O Vitae Civilis – Instituto para o Desenvolvimento, Meio Ambiente e Paz é uma organização não governamental (ONG), sem fins lucrativos, que tem como objetivo contribuir para a construção de sociedades sustentáveis, ou seja, sociedades que conciliam o desenvolvimento humano, em todas as suas dimensões (econômica, cultural, social, etc.) associado à conservação ambiental, tendo democracia e justiça social como base. Fundado em 1989, na cidade de São Paulo, Brasil, o Instituto adotou o nome Vitae Civilis que significa (em latim) “para a sociedade civil”, indicando uma opção em servir ao fortalecimento da cidadania e das organizações da sociedade. Sítio Web: www.vitaecivilis.org.br.